Foto ilustrativa

Foto ilustrativa

quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

É época de apresentar livros 'as editoras !


Este ano, separei 9 obras para tentar publicar, que apresentarei para diversas editoras a inda este mês,são eles:
-Marino Boy(infanto juvenil)
-Homem mau, Lobo Bom(infanto juvenil)
-Vanglorius(ficção científica)
-Gentileza de Viver (romântico-especialmente escrito para o público feminino)
-Sensibilidade de Viver (drama psicológico, também visa mais o público feminino)
-Kawaii Girls (para adultos, sensual)
-Olhos de Safira- infantil
-Neanderthal(aventura)
-Projeto Iguanodon (infanto juvenil)
Claro que não espero conseguir editora para todos os 9 num ano só, isto seria irreal, porem, é sempre bom dar bastante opções 'as editoras, mesmo porque, assim vc contempla várias linhas editorais e pode mostrar a muitas editoras diferentes, com diferentes linhas editoriais cada, e ver se alguma se interessará.E vamos ver no que dá,espero que ao menos um novo saia este ano !

O Autômato e outras estórias-Vendas

ômato e outras estórias:
Este meu livro, lançado em 2005, reúne três contos, que juntos, mostram, de forma metafórica, como se dá a evolução do Processo de Amadurecimento Asperger ;são estórias de ficção do gênero Drama Psicológico ,com personagens com características altamente autísticas.
São elas:
O Autômato: Auto é um autômato, ou seja, um tipo de robôzinho, que vive num labirinto de mármore, na penumbra,onde quase não entra luz e mais parece um mausoléu, pois seus corredores são repletos de gavetas que escondem seus moradores, criaturas estranhas e kafkanianas criadas pelo Criador, um boneco de couro preto gigantesco, com olhos vermelhos, e entre estas criaturas misteriosas está Auto.
Auto teve suas pernas arrancadas pelo Criador há muito tempo atrás, e um dia resolve ir atrás de suas pernas e recuperá-las, mas para isto ele terá de enfrentar o poderoso Criador.A metáfora em relação ao Autismo , o simbolismo desta trama, está no foco de procurar mostrar, através desta estória, como se dá o relacionamento entre o autista e seus pais, e a busca do autista em conseguir sua liberdade e autonomia(suas pernas) e suas tentativas de entender seus pais e também de ver e entender o mundo.
Consciência de Viver:Um garoto é rejeitado e abandonado pela própria família, encarcerado numa enorme casa velha, e lá fica sozinho e isolado do mundo por trinta anos.Durante este tempo, ele precisa conviver consigo mesmo e procurar entender a si mesmo, sozinho, lidando com a solidão.O nome do rapaz é "Ele".Logo ele ganha a compania de um esqueleto de cavalo que anda nas pernas traseiras e tem órbitas vermelhas,o Espectro, e o persegue pela casa, assustando-o sem parar.O Ele logo descobre que, se quiser sair daquela casa e conhecer o que existe além da casa, lá fora,o Mundo Exterior,tem de enfrentar o Espectro primeiro e vencê-lo.Novamente aqui a analogia como Autismo e a Asperger é forte:O Ele, claro, representa o autista,a casa, seu Mundo Interno de Fantasia, e o Espectro,a consciência do Autista, ou seja, seu Juiz Interior que o faz se auto reprimir.E o mundo exterior, a Realidade.
Sensibilidade de Viver:Lune Tamassuki é uma garota adolescente que cresceu solitária ,vivendo em seu Mundo Interno de Fantasia, que é a Filosofia e seus pensadores,vive em Osaka, no Japão, e seu hobby é passear a pé pela cidade, observando e criticando a Sociedade e o comportamento das pessoas.Até que um dia, um colega de escola,Takeo, se apaixona por ela e a pede em namoro.Ela primeiro o recusa, mas depois acaba por aceitá-lo.E é aí que começa sua jornada por um mundo até então desconhecido para ela:o lado bom da Realidade, o lado do Amor, dos sentimentos, da sensibilidade, pois até então ela era absolutamente racional,e tentava explicar o mundo para si mesma apenas com esta visão incompleta da Realidade, e por incompleta,se pode deduzir fantasiosa, pois ela tenta explicar os sentimentos e emoções humanas com racionalismos.
Takeo a leva para conhecer este mundo novo, o outro lado bom da Realidade, e irá tentar guiá-la para o caminho do amadurecimento através do aprendizado de Amar, e ele pensa que se ela aprender a amar, conseguirá sua sociabilidade e se inserir na sociedade ao invés de ficar 'a margem dela.
Mais uma vez a analogia com o autismo está presente: uma vez já mais maduro pelas experiências vistas nas outras duas estórias, o autista agora precisa conhecer o lado bom da Realidade para estar preparado para saber lidar bem com ambos os lados da Mente e da Vida, ou seja Realidade e Fantasia,se incluir na Sociedade, se tornar sociável e produtivo.
Ainda possuo um pequeno estoque do livro "Autômato e Outras Estórias", o qual, a partir de agora, estou disponibilizando para venda.Quem estiver interessado (a)em adquirir seu exemplar,basta mandar para mim um email com os dado pessoais, que responderei com os meus dados postais , e o valor do frete, e mandarei o livro pelos correios.O valor do livro éR$30,00.

Meu email é :cmc45@hotmail.com

Musa

Musa

Sozinha,Musa atravessava o seu próprio deserto,de coração partido.
Sentia em seu coração todo aquele vazio das saudades e toda a opressão das saudades daquela torturante ausência que tanto a tinha ferido.
Tirando suas derradeiras forças de sua pungente sensibilidade de coração de Mulher,
Ela sofria por quem ela queria,mas que por mais que procurasse, ali não o encontraria,
Sentia o coração a esfriar,
A Alma a esvaziar,
E por entre os dedos das cruéis mãos do Destino,
Suas esperanças a fluir!
O que era toda aquela angústia, em lenta agonia,
A devorar-lhe as entranhas de sua Essência?
Sempre amara com profundidade abissal,devotada toda a ele,e nele não via defeitos,apenas excelência !
O que era aquela quimera terrível, que de modo horrível consumia as chagas de sua alma inquieta e perturbada?
Só uma palavra soava em sua mente alquebrada:
-Porquê?Porquê?Porquê?...
No suplício do sacrifício de desesperada de manter por ele sua eterna devoção,ela se exasperava, aos poucos enlouquecendo 'a medida que os porquês torturantes se multiplicavam em seu Ser!
Que as garras afiadas do destino não rasgassem o âmago do terror de pensar em uma traição!
As chagas de sua alma se incendiavam ao pensar nele com outra mulher,
O Veneno do Ciúmes não se destila com colher,
Mas sim com as profundezas da Rejeição,feroz como um Leão,a queimar o coração e apagar da sua mente toda a lucidez,
Isto ela não queria , não poderia, nunca aceitar !
Não, não, seus preciosos sentimentos não poderiam ter sido em vão!
Tudo isto lhe passava pela cabeça como um turbilhão!
Trespassando seu Ser como lança poderosa,Agonia furiosa!
Por que amar com tantas forças assim?Porque o desespero de náufraga que não está mais conseguindo se manter à tona , nem mais se segurar em sua tábua de salvação?
Que brilho era este,que milagre,que beleza estonteante de coração e alma era aquela que aquele Homem conseguia dela extrair e mostrar tal como diamante lapidado, e depois sua ausência a exaurir?
Como poderia ele possuir,mais que uma estrela a brilhar, tanto preciosismo a cintilar,tanta admiração despertar?
Como é que ele conseguira que dela fizera o coração amanhecer e despertar, a enternecer ao entardecer,e com o firmamento dos mais profusos carinhos a enlevar?
Que conseguiu aqueles velhos sentimentos que ela pensou que nunca mais viveriam outra vez,pelo trauma monstruoso da passada relação desenterrar e ressuscitar,trazendo-os 'a tona mais vivos do que nunca, fazendo-a sentir a aproveitar como nunca dantes?
Será que nunca mais teria esta maravilhosa sensação inebriante doravante?
Mas repentinamente,ela sentiu em seus longos cabelos a flutuar, uma suave brisa a suas dores aliviar,que sobrevinha do coração e alma, e que até a sua tez estava a afetar.
Seria miragem?Seria ilusão?Uma vã e perversa esperança a minar sua tênue temperança em acreditar?
-Por favor aceite estas flores como desculpas pela minha prolongada ausência!Aceite estas alianças como prova do meu amor, que entrelaçadas estão, como nossos corações, em um só coração e por favor seja a minha noiva!
Ela ele!Ela ele!Os olhos de Musa se abriram e sim, era real, ela despertara de seu pesadelo, a espera finalmente terminara e o deserto desapareceu.Tal como esplêndida flor, seu sorriso despertou e as pérolas cristalinas de suas lágrimas da mais profunda alegria correram lépidas por suas faces,fazendo de sua alma desaparecer todo o fel, e em seus lábios, vindo diretamente do coração, todo o mel a mergulhar num beijo inesquecível que só a sua paixão poderia proporcionar !
Estava apaixonada outra vez?Ou nunca deixar de estar?
De qualquer forma nada daquilo mais importava,aquecida que estava naquele abraço apertado com forças que nem ela mesma sabia de onde surgiram,pois a única certeza que tinha era de que tinha valido a pena tanto esperar, tanto sofrer,tanto acreditar, que como heroína enfrentou, para a Glória daquele momento parado no tempo, posto sentido como eterno,se regozijar !
Ao profundo beijo terminar,eis aqui só o que depois de tudo isto conseguiu Musa dizer:
-Eu aceito !

FIM

sábado, 1 de setembro de 2012


Vídeo do meu livro "Neanderthal",feito pelo meu amigo Vagner Penna,assista em:
video

sábado, 25 de agosto de 2012

Eis a capa definitiva e oficial do meu mais novo livro, que será lançado no mês, que vem, Autista com muito orgulho-A Síndrome vista pelo lado de dentro!":